29 junho 2013

#22 | A estante aumentou - Silvana

Pensaram que eu tinha esquecido da caixinha de correio desse mês? Não esqueci, só deixei para o fim do mês para ter bastante coisa. E tem viu! A maioria é de promoções que eu participei. Teve até alguns que tive que deixar para o mês que vem, pois se não a caixinha iria ficar enorme. Mas chega de falatório e vamos as fotos. 

Esses dois eu comprei. O destino do tigre para completar a serie que eu ainda nem comecei. Li bastante resenhas negativas sobre a serie, vamos ver o que eu vou achar. E o do Zafón, só um detalhe, mudaram o formato do livro. Ele é bem menor do que os outros do autor.


Esses dois fazia tempo que eu queria ler. Até já li pois são bem fininhos e dá para ler em um dia.


Esse eu ganhei no blog Minha Velha Estante. O livro parece ser muito bom. Adorei os marcadores de Pollyanna.


Esse estou ansiosa para ler, pois só estou vendo falar bem dele. Ganhei no blog Minha vida literária.


Esse foi uma promoção em conjunto com vários blogs. Eu fui a primeira sorteada dai pude escolher os livros. Os blogs são: Deitados na Grama, Estante de Letrinhas, Fulana Leitora, Amor Literário e Moda e Eu .

Os kits da novo Conceito como sempre arrasam. Pena que amassou um poco a caixa no correio. Foi no blog De Tudo um Pouco.


Esse foi no blog Abrigo Literário. O livro é muito fofo.


Esse foi no blog Inspirados, O Berço das Grandes Idéias! Quero muito ler, pois adorei os outros livros que li do autor.


Esse foi no blog Amantes de Livros. Adorei os marcadores. 


Esse eu ganhei o livro As bem resolvidas. Mas como a blogueira demorou um pouco para enviar, ela mandou mais um livro junto. Foi no blog Livros e Meninas.


E aqui as lombadas. A do circo da noite é demais.


Ufa, até que enfim acabei hehehehehe. E ai já leram alguns desses? 


27 junho 2013

Resenha | Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Sinopse: Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.

Em Orgulho e Preconceito acompanhamos a história da família Bennet. Uma família com cinco filhas em idade de se casar. Só que a renda familiar não é grande o suficiente para o dote de todas. Por isso quando aparece um cavaleiro solteiro e rico pela região a sra. Bennet já fica toda alvoroçada para que uma das suas filhas consiga encantar o cavaleiro em questão. Quando o sr. Bingley aluga uma casa próxima a delas e vem passar uma temporada com sua irma e seu amigo o sr. Darcy, a sra. Bennet tanto faz que consegue que seu marido vá visita-lo, e fica rezando para que ele se interesse por uma das meninas. Deus atende as suas preces, pois ele se interessa pela sua filha mais velha, Jane.

Mas nem tudo é flores, pois o sr. Darcy, amigo intimo do sr. Bingley, não gosta da família Bennet, ele despreza a sra. Bennet por ficar "oferecendo" as suas filhas. E demonstra isso da pior forma, mostrando todo o seu orgulho. Isso cria uma aversão de imediato da parte de Elizabeth para com o sr. Darcy. E como se não bastasse ela fica sabendo através de um antigo conhecido do sr. Darcy que ele é uma pessoa fria e sem consideração para com os de nível social inferior ao dele. Sera que o Amor, um sentimento tão puro, vai conseguir superar o Orgulho do sr. Darcy e o Preconceito de Elizabeth?


Minha primeira experiencia com a autora não foi muito boa, como vocês puderam ver na resenha de Razão e Sensibilidade. Mas como não se deve julgar um autor apenas por um livro, resolvi ler esse que muitos dizem ser o melhor dela. Adorei! É difícil achar alguém que nunca tenha lido ou assistido essa linda história de amor. Eu já tinha assistido o filme umas cinco vezes, mas ainda não tinha lido o livro que inspirou o filme. O que dizer do livro? Simplesmente perfeito! E o filme posso dizer, em uma das raras exceções, foi fiel ao livro. Claro que o livro tem mais conteúdo  principalmente o final. No filme ele acaba sem maiores explicações  e no livro ele conta o que aconteceu com cada um dos personagens.

Falando nos personagens  Elizabeth me decepcionou um pouco no livro. Não consegui ver a mesma mulher que eu tinha visto no filme. Em compensação outros personagens que no filme não me chamaram tanto a atenção, como por exemplo o sr. Bennet, eu adorei ele no livro. Os tios de Elizabeth também, no livro eles tem uma participação bem maior que no filme. Poderia citar vários outros como a irma do sr. Darcy, a irmã do sr. Bingley ( intragável ) e o próprio sr. Darcy. No livro eles são muito bem trabalhados, coisa que no filme vemos apenas superficialmente. E as cartas? São um detalhe a parte. Amei a carta do sr. Darcy para Lizzie, ela é carregada de sentimentos e emoções. Só tenho uma coisa para dizer: se você gostou do filme, mas ainda não leu o livro, não perca mais tempo! Leia logo. Nota: . 




25 junho 2013

Top 5 | Capas: Porque mudou?

Ultimamente isso tem acontecido bastante. Principalmente com livros em serie. As editoras lançam um livro com uma capa, depois quando vão lançar o segundo, em vez de manter o padrão, eles mudam e ainda por cima relançam o anterior para combinar com o segundo. Ai que raiva que isso me da. Será que as editoras acham que eu vou comprar outro livro igual o que eu já tenho só para combinar as capas? Vão esperando. Hoje trago para vocês algumas capas que tenho aqui na minha estante e que agora mudaram.

5- Essa na minha opinião, até que ficou melhorzinha depois que mudaram, mas e quem já tinha comprado o outro livro, como que fica?

Garota apaixonada em apuros

4- Essa eu não entendi porque mudaram, os livros nem são serie. Até o gênero é diferente. Só porque é da mesma autora?

Roubada

3- Esse também é só por ser da mesma autora. Eu tenho o segundo e acho tão mais bonita que o que lançaram depois...

Ame o que é seu

2- Essa quando eu vi, eu queria chorar de raiva. Até o material é diferente. Sem falar que a primeira era muito mais bonita.

O Encontro

1- Agora esse sim foi terrível. O que me encantou nesse livro foi a capa, tão original quanto a forma em que a história é escrita. Dai lançam a continuação e mudam a capa. Tão tirando uma com a minha cara só pode.

@mor

E vocês o que acham dessas mudanças nas capas. Concordam ou não?


23 junho 2013

Resenha | A Viagem do Peregrino da Alvorada - C. S. Lewis

Em A viagem do Peregrino da Alvorada reencontramos Edmundo, Lucia e Caspian. No nosso mundo se passou um ano e em Nárnia três anos. Quando os pais dos nossos quatro irmãos favoritos, viajam a trabalho para os Estados Unidos durante o verão, eles levam com eles apenas Suzana, para não ficar muito caro. Pedro vai passar o verão estudando, então Lucia e Edmundo são mandados a casa de um primo. Ele se chama Eustáquio Clarêncio Mísero, ele é um garoto emburrado e que não perde uma oportunidade de aborrecer os primos.

Edmundo e Lucia sempre que podem, estão conversando sobre Nárnia. Numa dessas conversas no quarto de Lucia, eles estão olhando para um quadro que eles tem certeza ser de Nárnia. É um quadro de um barco. Eustáquio entra e já começa a rir deles, pois ele não acredita em Nárnia. Mas de repente o quadro parece ganhar vida e num instante eles não estão mais no quarto e sim no mar perto do barco, dentro do quadro. Qual não é a surpresa deles ao serem salvos, eles vêem que seu salvador é ninguém menos que o príncipe Caspian. Ele se encontra em uma viagem para cumprir uma promessa feita no dia da sua coroação. Ele prometeu que se um dia Nárnia estivesse em paz, ele encontraria os amigos de seu pai, que foram enviados aos mares quando ele era criança por seu tio Miraz.

Eustáquio não sabe fazer outra coisa se não reclamar de tudo. Do balanço do mar que lhe dá enjoo, da comida, das acomodações e principalmente de Ripchip, que para quem não sabe é um rato. Rato no sentido literal, pois ele é um valente soldado. Qual será a aventura que nos espera a bordo do Peregrino da Alvorada? Entre no barco e conheça mais essa linda história de Nárnia.

Das cronicas, essa é a que mais tem aventura no meu ponto de vista. A viagem pelo mar é maravilhosa. A cada ilha que eles chegam é uma surpresa e uma nova aventura e sem falar no mar que tem cada coisa. Só posso dizer que amei e já estou ficando com saudade só de saber que estão acabando. Agora só falta mais duas. Quanto a questão biblica, nesse livro temos o caso da transformação. Eustáquio teve seu caráter transformado ao longo do livro, inclusive tem uma hora que ele precisa da ajuda de Aslam, numa referencia de que sozinhos nós não conseguimos, somente com a ajuda de Deus. E tem também a hora que Aslam aparece para eles na forma de um cordeiro, como Jesus é varias vezes descrito na bíblia. Quanto ao filme, já vi varias pessoas dizerem que não foi muito fiel ao livro. Fiel ou não, só sei que me debulhei em lagrimas nos últimos 20 minutos finais do filme. Recomendo o livro e o filme.
Nota: . 

Mais uma resenha do Desafio: As Crônicas de Nárnia.

Serie As Crônicas de Nárnia.
1- O Sobrinho do Mago
2- O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa.
3- O Cavalo e seu Menino
4- Príncipe Caspian
5- A Viagem do Peregrino da Alvorada
6- A Cadeira de Prata
7- A Última Batalha




21 junho 2013

Falando sobre...

...Quantidade  = ou  ≠  de Qualidade


Recentemente em uma tag, eu falei que já tinha lido 58 livros esse ano. E vi que muitas pessoas se surpreenderam. A maioria dos comentários foi sobre a quantidade de livros que eu tinha lido. Em contrapartida a Olivia disse que só tinha lido uns quatro ou cinco e isso também foi motivo de espanto. E isso me fez pensar. Existe alguma relação entre a quantidade de livros que lemos e a qualidade das nossas leituras? Já vi quem lê bastante dizer que quem lê pouco não pode dizer que ama ler. E já vi também quem lê pouco dizer que quem lê muitos livros não absorve todos eles. 

Será que isso é mesmo verdade? Podemos fazer esse tipo de afirmação, baseados na quantidade de livros que uma pessoa lê? E o numero de paginas lidos, não conta? E já que estamos falando do numero de paginas e o tamanho da letra, não conta também? Posso dizer que sou "mais" leitor que fulano pois li 8 livros em um mês, mas a pessoa leu apenas um e por coincidência foi um livro de 900 paginas, enquanto eu li 8 de 100 paginas cada livro? Já li livros com 100 paginas e livros com mais de 900 e a velocidade da leitura não foi por conta das paginas, nem do tamanho do livro e sim pela história. As vezes um livro está tão chato e a leitura tão arrastada que fico uma hora para ler 20 paginas e outras vezes a história está tão interessante que no mesmo tempo leio 150 paginas sem ver.

E o tempo que eu tenho para ler, não conta também? Quando eu não trabalhava e meu único compromisso era a escola, eu lia um ou dois livros por dia. Agora 20 anos depois, consigo ler dois ou três por semana. E olha que eu não tenho nem marido e nem filhos para cuidar. Tem gente que quase não tem tempo e lê apenas um por mês. Sem falar na facilidade que uns tem em ler e outros não. Eu sou uma pessoa que lê rápido. Como leio muito rápido então vão dizer que eu não absorvo o que eu estou lendo? Pelo contrário, não só absorvo como vivo a história que estou lendo no momento.

Depois de muito pensar, cheguei a conclusão que quantidade e qualidade não tem nada a ver, quando o assunto é livros. Temos que levar em consideração, o tamanho do livro, o tempo pessoal de cada pessoa, tanto o que ela leva para ler, como o tempo disponível que ela tem para ler e também o gosto pessoal e o motivo dela estar lendo aquele livro. Quando lemos por prazer e por vontade própria, a leitura flui muito mais fácil do que quando lemos por obrigação, seja ela para fazer uma prova ou porque tenho um compromisso com alguma editora ou algum autor. Por isso, quer ler mais, leia o que você gosta de ler e quando tiver vontade. E nunca julgue uma pessoa pela quantidade de livros que ela lê.   


19 junho 2013

Resenha | Como se livrar de um vampiro apaixonado - Beth Fantaskey

Jéssica Packwwod leva uma vida normal, igual a de milhões de adolescentes americanas. Só um pouco menos normal, pois alem dela ser adotada, os seus pais são vegetarianos, mas daqueles bem radicais. Ela nasceu na Romênia e foi adotada ainda bebê. Hoje é o primeiro dia de aula do ultimo ano. Jéssica está esperando o ônibus da escola quando algo a deixa assustada. É um garoto com um sobretudo preto lhe vigiando, mas o mais estranho é que ele parece sussurrar seu verdadeiro nome: Antanasia Dragomir.

Quando chega a escola ela descobre que o nome dele é Lucius Vladescu. Ele é um aluno que veio fazer intercambio. E quando Jéssica corta o dedo ele olha para o sangue de um jeito muito estranho, como se estivesse com fome. Jéssica fica com muito medo e pede que sua mãe venha buscar-lhe na escola e quando ela conta para a sua mãe o que aconteceu ela não parece ficar surpresa e sim lhe diz que isso era inevitável. Jessica descobre então que Lucius é seu noivo e que ao completar dezoito anos ela terá que se casar com ele.

E não é só isso. Tanto ela como Lucius descendem de duas poderosas famílias da realeza vampírica e que o seu casamento foi combinado logo que eles nasceram. Como as suas famílias estavam sempre brigando pelo poder, com o casamento dos dois herdeiros essa guerra acaba. Mas Jéssica não acredita em nada dessa baboseira. Primeiro, vampiros não existem, segundo, ela não vai se casar com ninguém obrigada. Mas essa resolução não parece estar adiantando muito, pois Lucius que não tem para onde ir, vai morar em sua casa e essa aproximação está deixando Jéssica louca.

Vocês vão dizer: Mais um livro de vampiro? É mais um, mas esse vale a pena ler. Principalmente pra quem gosta de dar umas boas risadas enquanto está lendo. Lucius escreve umas cartas realmente hilárias para o seu tio Vasile. Eu não conseguia parar de rir. Parece aqueles filmes que alguém do passado vem para o futuro e tenta se adaptar. Adorei o casal principal e torci por eles. Apesar de Jéssica ser uma pessoa bem teimosa e por vezes não quer enxergar seus próprios sentimentos, gostei dela. Recomendo para quem gosta de romance com uma pitada de comédia. Nota : . 



1- Como se livrar de um vampiro apaixonado
1.5- O casamento de Antanasia
2- Como salvar um vampiro apaixonado

17 junho 2013

Selo | Este blog merece um beijo

Recebemos esse selo do blog Deitados na Grama. Muito obrigada!


Perguntas:

1) O que o levou a criar o blog?
Olivia e Silvana: O gosto pela leitura e por querer comentar sobre os livros que lemos e saber a opinião das pessoas sobre esses mesmos livros. 

2) O que você acha mais importante: Comentários ou seguidores ?
Olivia: Os comentários são sempre enriquecedores e seguidores é consequência.
Silvana: Acho que os comentários são mais importantes, pois é através dos comentários que temos o retorno do trabalho que estamos realizando. Os seguidores são importantes também, mas estamos numa época que as pessoas seguem o blog por causa de alguma promoção e nunca mais aparecem.

3) Você se inspira em alguém ou em algum outro blog?
Olivia: Não
Silvana: Não digo que me inspire, mas já fiz postagens sobre assuntos que estão sendo muito comentados em vários blogs que eu sigo. Mas nas resenhas, por exemplo é algo tão pessoal que nem tem como.

4) Qual foi a melhor situação desde que resolveu ser blogueiro?
Olivia: Ah, são vários. Fazer a primeira resenha juntos foi muito bom, os comentários, ver o blog crescer.
Silvana: Não tem assim uma situação especifica que eu possa citar, mas adoro ler os comentários. Saber que a pessoa nos doou um pouco do seu tempo para ler aquilo que nos dedicamos tanto para fazer, é sempre um prazer (estou falando bonito hoje hein? hehehehe).

5) Se você tivesse que por uma lei no mundo qual seria?
Olivia: Essa agora foi difícil, vejo tantas leis por ai que não são respeitadas. Não sei dizer.
Silvana: Acho que uma lei a mais ou a menos não vai fazer diferença. Já tem muitas leis, o que não tem são pessoas que façam elas serem cumpridas. Agora falando como leitora adorei a ideia da Bolsa livros, que estava no blog em que fomos indicadas.

Não vamos indicar ninguém, quem quiser responder fique a vontade.

15 junho 2013

Resenha | Viva para contar - Lisa Gardner

"Eu procurava por uma resposta que nunca encontrei.
Meu pai matou a família inteira, exceto a mim. Será que aquilo significava que me amava mais do que aos outros?
– O que você acha? - era o que o dr. Frank sempre respondia.
Acho que essa é a história da minha vida."

Essa tragédia ocorreu com Danielle Burton. Ela tinha 9 anos quando aconteceu. Seu pai matou primeiro a sua mãe, depois sua irma de 13 anos, e seu irmão de 11. Mas quando chegou a vez de Danielle ele se matou. Ela foi criada por sua tia Helen e durante um ano após a tragédia ela nem conseguia dormir. Mas ela sobreviveu. Foi para a faculdade  e se formou como enfermeira pediátrica, com especialização em cuidados psiquiátricos.

Victória Oliver é uma mãe de família dedicada que já não se lembra mais o que é ter uma noite tranquila. Nem de como tudo começou. Ela cedeu em uma coisa, abriu mão de outra e quando viu não conseguiu mais recupera-las. O medo e o terror é a sua companhia. Ela o ama tanto que a cada violência ela sente seu coração se quebrar mais que os seus ossos. Ela não quer machuca-lo. Mas a cada noite ela imagina se é essa a noite em que ele vai conseguir. Se é hoje que seu filho Evan, 8 anos, irá mata-la.

A investigadora de policia e sargento D. D. Warren está com quase 40 anos e ainda é solteira. Não que ela seja feia, pelo contrário. Seus superiores sempre a deixa a frente das entrevistas, pois ela é linda. Ela não tem é tempo de fazer nada que não seja trabalhar. Mas agora com seus antigos namorados se casando, ela começou a pensar nisso. Por isso ela está em um encontro, mas ele é interrompido por um chamado. Chegando ao local em que pensava se tratar de mais um caso de drogas, ela vê que está enganada. Foi um verdadeiro massacre. A primeira impressão é que o pai matou a esposa, e os três filhos e tentou se matar, mas não conseguiu e está no hospital passando por uma cirurgia.

Mas durante as investigações surge a duvida: será que foi o pai mesmo ou foi o garoto mais novo de 9 anos, que já esteve internado em uma clinica psiquiátrica? E logo depois no dia seguinte eles descobrem outro caso, a família inteira foi assassinada. E as características são as mesmas. As idades aproximadas, a ordem das mortes, as armas utilizadas. Qual seria o denominador comum entre os casos? E onde Victória e Daniele entram nessa história?

Fazia algum tempo que eu não lia um livro que me surpreendia em alguma coisa, mas esse eu fiquei de queixo caído. O tema abordado no livro, crianças psicóticas, não é um tema que eu estou acostumada a ver e nem a ler. A narrativa alterna entre as três mulheres citadas e a cada capitulo vamos descobrindo um pouco mais da história e quase no final que descobrimos a ligação entre elas. Recomendo para quem gosta de romances policiais com suspense e tensão psicológica. E se você não gosta de livros que contenham cenas mais fortes, não leia. Posso dizer que esse foi um dos melhores livros que eu li até agora nesse ano.
Nota: .  

Serie Detetive D. D. Warren

#1 Alone 

#2 Esconda-se 
#3 The Neighbor 
#4 Viva para contar
#5 Sangue na neve 
#6 Catch Me
#7 Fear Nothing 



13 junho 2013

Top 5 | Esse eu namorava

Já leu um livro e ficou suspirando pelo protagonista? Eu sim. Já cansei de me apaixonar pelos protagonistas nos livros e filmes em que eu leio e assisto. Como ontem foi dia dos namorados, hoje resolvemos fazer um top 5 de mocinhos que nós namoraríamos. Eu vou fazer dos livros e a Olivia dos filmes. Vamos a eles:

Silvana - Livros

Como eu sempre me apaixono pelos mocinhos, as vezes pelo não tão mocinho hehehehe, fica difícil escolher apenas cinco, mas vou tentar. Tem uns que não são muito humanos, mas fazer o que, me apaixonei do mesmo jeito. 

5º- Patch - Sussurro


Ele é bonito, sexy e sedutor. Tem aquele mistério em torno dele que o torna irresistível para qualquer mulher. Sem falar que ele sempre consegue o que quer. Mas o que conta mesmo é o charme que ele tem de sobra. E ele está sempre pronto para proteger a namorada em qualquer situação.




4º- Jace - Os instrumentos mortais


Ele é arrogante, teimoso, sincero em horas erradas e ironia é seu segundo nome. Mas em compensação, para ele a lealdade está acima de tudo. Isso faz dele o namorado perfeito, pois com ele você nunca vai ser traída.




3º- John - Querido John


Ele já foi um encrenqueiro, mas mudou. Hoje ele é uma pessoa amorosa, que escreve cartas de amor. É leal a seu pais e o melhor, ele é aquele tipo de pessoa que abre mão de seu bem mais precioso só para ver a pessoa amada feliz.




2º- Sr. Darcy - Orgulho e Preconceito


Como não se apaixonar por um homem que engole o seu próprio orgulho para ficar com a mulher amada? Sem falar que depois de 200 anos ele continua sendo a pessoa mais lembrada como o namorado que toda garota queria ter.




1º- Edward  - Crepúsculo


É essa mesma a minha primeira opção. Quem leu o livro sabe do que eu estou falando. Alem de ser lindo e misterioso, ele é aquele tipo de pessoa que toda garota quer cuidar. Ele é amoroso, pensa mais no bem estar da namorada do que no dele mesmo. E até suporta humilhações para que sua namorada fique bem. E ele ama tanto que prefere morrer a viver sem a pessoa amada.


Olivia - Filmes


Todo filme romântico tem aquele carinha lindo e fofo, que nos faz sonhar... Assim fiz uma seleção (difícil) com os lindos com os quais eu namoraria.
Vamos lá pra minha lista de 5 possíveis namorados.

1º lugar - Lindo e Apaixonante
Noah (Diario de uma paixão)

É impossível não se apaixonar pelo Noah. O amor dele é tão grande ao ponto de escrever um diário com toda a historia de amor vivida por ele e sua amada, e se não bastasse, ele lê todo os dias o diário a ela. Um fofo né gente.



2º lugar - Romântico e Aventureiro
Will Turner (Piratas do Caribe)



Ele é ferreiro, filho de um pirata e noivo da linda Elizabeth. Esse sim dá vontade de largar tudo e encarrar águas turbulentas e grandes aventuras, só para estar ao lado dele. Lindo!




3º lugar - Amigo e Companheiro
Dexter (Um dia)


Alem de ser seu melhor amigo, ele te amou desde o primeiro dia que te conheceu. É alegre e contagiante mas um pouco impulsivo. Mas vale a pena estar com ele e viver grandes momentos. Que seja eterno enquanto dure.





4º Lugar - Alto e Romântico
Adam (Sexo sem compromisso)

Adam é praticamente tudo aquilo que a maioria das mulheres desejam. Ele é alto, forte, lindo, descontraído e acima de tudo romântico.
Quem não gostaria de namorar uma pessoa que faz de tudo para que o relacionamento dê certo? ;)




5º lugar - Fiel e Sensível
Gerry (P.S. Eu te amo)

Qual homem deixaria cartas para a amada sabendo que iria morrer, e ainda sim, deixar tudo certo para que as mesmas cheguem nas mãos dela? Quem não gostaria de ser amada nessa mesma intensidade não é mesmo? Só tá em 5º lugar porque afinal ele morre, nem tudo é perfeito




E aí meninas gostaram? Quem estaria na sua lista?


11 junho 2013

Resenha | A última carta de amor - Jojo Moyes

Como amanhã é dia dos namorados, nada melhor do que um livro que fala sobre um amor que resistiu ao tempo.

"Você é a forte de nos dois, a que é capaz de suportar conviver com a possibilidade de um amor como esse, e com o fato de que ele jamais nos será permitido.
Estarei na plataforma 4, as 19h15, sexta-feira a noite, e nada no mundo me faria mais feliz do que você encontrar coragem para vir comigo. 
Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças em suas mãos. 
Seu, B."


Ellie Haworth é jornalista. O jornal em que ela trabalha está de mudança para um prédio maior e a chefe de Ellie, deixa ela encarregada de olhar em todas as caixas que estão no depósito, para ver se encontra material para alguma matéria. Quando já estava prestes a desistir, ela encontra uma carta datada de quarenta anos atras. É uma carta de amor, mas pode ser uma carta de despedida. É a carta de um homem para uma mulher casada, pedindo que ela vá com ele. Ela fica muito interessada nessa história, principalmente por estar tendo um romance com um homem casado a um ano.

A carta encontrada por Ellie era endereçada a Jennifer Stirling. Jennifer acorda em um hospital e não se lembra de nada de sua vida. Ela fica sabendo que sofreu um acidente de carro e alem dos danos físicos, ela está com amnésia. Ela não se lembra de nada, nem das amigas, nem do marido com quem é casada a quatro anos, nem da sua própria casa. Ela encontra alguma ajuda em sua amiga Yvonne. Mas o tempo vai passando e ela não se lembra de nada e ainda por cima ela tem a sensação de que aquela não é a vida dela. É como se estivesse faltando alguma coisa. E é ai que ela encontra uma das cartas assinadas por B e descobre que estava tendo uma relação fora do casamento.

O autor das cartas é Anthony O'Hare. Ele é um jornalista que ao fazer uma matéria sobre o marido de Jennifer acaba se encantando por ela. A principio ele pensa que Jennifer é uma daquelas tipicas ricas fúteis  mas depois que ele a conhece melhor ele se apaixona, como ele nunca se apaixonou por ninguém. A história é contada em vários tempos. Ora esta no ano atual, ora está quando Jennifer e Anthony se conheceram, ora esta depois que Jennifer já sofreu o acidente. Esse foi um dos pequenos defeitos que eu achei no livro, pois as mudanças de tempo não são anunciadas. O leitor tem que descobrir quando está acontecendo o capitulo em questão.

Mas fora isso o livro é maravilhoso. Sabe aqueles livros em que você lê o prólogo e já sabe que a história vai ser boa? Eu como uma eterna romântica, lendo um amor que resiste por tanto tempo, fiquei encantada com a história. Mesmo tendo tanto desencontros ao longo da história, Jennifer não desistiu. Amei a personagem pela coragem dela, principalmente pela época em que ela vivia. Chorei muito no final do livro. Se você gosta de um bom romance e não tem medo de sofrer pelo personagem, leia esse livro. O único arrependimento foi não ter lido antes. Nota: . 




09 junho 2013

# 3 Da Locadora

Nossa já faz um bom tempo que não postamos aqui sobre filmes né. Mas bora atualizar isso aqui .

As vantagens de ser invisível


Esse não é somente um filme tipico de adolescentes e suas lutas diárias, é mais que isso, é sobre amizades verdadeiras, amor, perdas e dramas esquecidos e com pitadas de humor. 
Uma historia que nos traz uma sensação gostosa e a leveza da liberdade e inocência. Tem resenha do livro aqui. Ainda não li essa historia linda, mas o filme despertou esse desejo. E o que falar da trilha sonora? Tá demais! Nota: 10/10

Django livre


Fala serio! que filme é esse? É de tirar o folego. Django vive numa época em que os escravos estão começando a se tornarem livres. Mas não é só a liberdade que Django busca e sim sua amada esposa, e para isso ele vai enfrentar tudo que for preciso. Só me arrependo de uma coisa, de não ter visto no cinema rs. Trilha sonora está demais! Me lembra aqueles filmes de bang bang. Nota: 10/10


Hotel Transilvânia


Ah como é bom assistir um bom desenho infantil...
Você consegue imaginar o Drácula sendo um pai super protetor e com medo dos humanos? É por aí que toda a historia começa. Engraçado e com uns leves sustinhos (claro né estamos falando do Drácula rs). Fora que vários monstros estão reunidos nesse hotel incluindo um humano, então acredite é diversão na certa! Nota: 9/10.

E vocês assistiram algum desses? Se não indico para você e toda a sua família.





07 junho 2013

Resenha | As MAIS 2- Eu me mordo de ciumes - Patricia Barboza

Devido ao enorme sucesso de As MAIS, a autora resolveu escrever um livro para cada uma das MAIS. Eu agradeço! O livro é voltado para o publico adolescente, mas agrada desde crianças a adultos. Eu sou uma das que me encantei pela história. Para quem ainda não conhece leia a resenha do primeiro livro aqui. MAIS é a inicial dos nomes dessas quatro amigas. Diferentes fisicamente e em personalidades, mas a amizade entre elas está acima de tudo.

Contem spoiler do livro anterior.

As MAIS 2 é escrito por Maria Rita. Mari foi a MAIS que eu me identifiquei, assim como ela eu vivo pagando micos. Ela é a mais engraçada das amigas. Não tem como não rir das situações em que ela se mete. A autora aborda temas bem atuais nesse livro, como o uso da internet, cada vez mais frequente principalmente por adolescentes. Ela fala também sobre amor platônico e o principal que dá o titulo ao livro: o ciumes. No livro, como todas agora estão namorando, a autora fala mais sobre o ciumes entre namorados. Mas existe aquele ciumes das amigas e até mesmo de objetos pessoais.

Eduardo, o namorado da Suzana, grava a sua primeira musica e para divulgar seu trabalho eles resolvem fazer um clipe da musica e colocar na internet. Mari, a atriz do grupo é escolhida para atuar no clipe. A edição e direção é feita pelo Lucas namorado de Mari. Para Mari é um sufoco ser dirigida pelo seu namorado e na frente dele ter que mostrar paixão por outra pessoa, no caso o namorado lindo de sua amiga. Quando o clipe cai na rede é um sucesso total. E ai que começam os problemas. Suzana fica enlouquecida pelo tanto de fãs que começam a deixar recadinhos para o seu namorado.

Mas o ciumes não começa atrapalhar somente o namoro da Suzana. Ele entra na relação da Mari também, pois ela e o Lucas se inscrevem em oficinas, ela de atuação e ele de roteiro. E Lucas faz uma nova amizade com uma garota que parece não saber conversar sem colocar as mão "enormes" nele. Sem falar que agora vive no perfil dele e curte e comenta tudo o que ele escreve. E para piorar quando Mari vai colocar uma calça jeans, ela percebe que engordou e vai ter que fazer dieta. Ai que bate aquela insegurança e o ciumes entra com tudo.

O livro é bem fininho e dá para ler em um dia. Como o livro anterior, esse também é um charme. Ele segue o mesmo estilo do anterior, só que o outro era na cor rosa e esse é laranja. A capa é fofa, a história é fofa, o interior do livro é fofo e autora é uma fofa também. Para quem não sabe eu tive o prazer de conhecer ela na bienal do ano passado em São Paulo. Ela foi muito gentil com as pessoas, contando um pouco sobre o livro.  Só tenho um conselho. Se você ainda não conhece essa história, não perca tempo e leia. Nota:  .

Serie As MAIS
1- As MAIS
2- AS MAIS 2- Eu me mordo de ciumes





05 junho 2013

Meme 11 coisas


Fomos indicadas pela Hellen do blog O Açucareiro e pela Joana do blog Coisas que eu sei que eu sei. Como nós já respondemos esse meme e já colocamos as 11 coisas, vamos apenas responder as 11 perguntas de cada blog, pois são diferente das que nós respondemos. Vamos as perguntas e respostas.

Blog O Açucareiro:

1-      Qual seu gênero literário favorito?
Silvana: Policial
Olivia: Policial/Romance
2-      Qual o primeiro livro que você leu?
Silvana: Noite sem fim de Agatha Christie
Olivia: Me lembro que era algum livro de conto de fada.
3-      Já pensou em escrever um livro?
Silvana: Não, eu gosto mesmo é de ler
Olivia: Sim, mas não sou tão boa assim para escrever.
4-      Quanto tempo do seu dia dedica à leitura?
Silvana: Leio no onibus e a noite. Somando acho que dá umas 4 horas por dia.
Olivia: Nunca parei para observar isso
5-      Já gostou mais da adaptação cinematográfica de um livro do que do próprio livro?
Silvana: Que eu me lembre, Orgulho e Preconceito.
Olivia: Dificilmente, mas tem um que me deixou na duvida, O menino do Pijama Listrado.
6-      Já odiou a adaptação de algum livro pro cinema?
Silvana: Bom tem uma lista, A ultima musica e Querido John de Nicholas Sparks, O caçador de Pipas, Eragon, mas o pior mesmo foi O ladrão de raios.
Olivia: O caçador de Pipas, faltou toda a essência que o livro nos trás.
7-      Já chorou lendo algum livro? Se sim, qual e por quê?
Silvana: Sou uma chorona. Choro em quase todos os romances, mas pra citar dois que me acabei de chorar foi A ultima musica e O diário de Suzana para Nícolas.
Olivia: Sim vários. Marley e eu, Éramos seis entre outros.
8-      Qual seu autor favorito?
Silvana: Sem piscar Agatha Christie hehehehe
Olivia: Gosto de varios, Sidney Sheldon, Nicholas Sparks, Danielle Steel, Harlan Coben...
9-      Outras pessoas da sua família têm o hábito da leitura?
Silvana: Minha irmã e meu sobrinho
Olivia: Não tanto como eu
10-   Já fez muitas amizades na blogosfera? Pensa em encontrar os amigos virtuais na vida real?
Silvana: Sim, geralmente de blogs que visito sempre. Fica um pouco dificil se encontrar por causa da distancia.
Olivia: Puxa não fiz, pois entro pouco
11-   Tem skoob? Deixa o endereço pra gente conhecer. 
Silvana: Silvana Crepaldi, quem quiser adicionar fique a vontade.
Olivia: Olivia Fernandes

Blog Coisas que eu sei que eu sei:

1-  O que você acha da literatura brasileira?
Silvana: Bom leio livros independente da nacionalidade do autor. Ultimamente tenho lido bastante livro nacional, pois tenho ganhado alguns em promoções. Mas acho os preços dos livros nacionais bem salgados.
Olivia: Li poucos livros nacionais mas o pouco que eu li gostei muito.

2- Prefere os clássicos ou os contemporâneos?
Silvana: Contemporâneos
Olivia: Os clássicos são bom, o problema é a linguagem antiga que acba nos cansando

3-  Quantos livros já leu esse ano?
Silvana: 58
Olivia: Acho que 4 ou 5 por ai

4- Qual deles mais gostou?
Silvana: A passagem, Justin Cronin 
Olivia: Vou citar o ultimo que gostei muito Refugio do Harlan Coben

5- Costuma ler para crianças?
Silvana: Não
Olivia: Não

6- Livro novo ou usado?
Silvana: Leio os dois
Olivia: Tanto faz

7- Gosta de emprestar seus livros?
Silvana: Sinceramente não, pois quando volta, volta estragado.
Olivia:  Empresto para quem gosta realmente de ler e que alem de cuidar vai me devolver

8- Costuma visitar muitos blogs literários?
Silvana: Sim, visito todos os que comentam no blog, e os que acho as postagens interessantes. Visito uma média de 30 blogs por dia.
Olivia: Não com muita frequência

9- O que você acha dos e-books e dos leitores digitais?
Silvana: Não tenho nada contra, mas ainda prefiro pegar, sentir o peso, virar as paginas e de vez em quando dar uma olhadinha na capa.
Olivia: Acho viável quando não se é possível ter o livro em mãos

10- Qual seu gênero literário preferido?
Já respondemos acima

11- Faz marcações em seus livros das partes em que mais gostou?

Silvana: Tenho horror a quem escreve nos livros.
Olivia: Não

A postagem ficou um pouco longa, mas assim vocês conhecem um pouco mais sobre nós. Até a próxima.



03 junho 2013

Resenha | Private - James Patterson

Private é uma agencia de investigações para pessoas que não querem ver seu nome envolvido com a policia, Pessoas que querem eficiência e discrição. Jack Morgam é o dono e administrador da Private há cinco anos, desde que a herdou do seu pai, após ele ser assassinado na prisão. Jack tem clientes famosos, entre eles uma atriz que concorre ao Globo de Ouro. No dia da premiação Jack vai acompanha-la no evento, mas tem que ir embora pois recebe um telefonema de seu amigo Andy Cushman, dizendo que sua esposa Shelby está morta. Andy e Shelby são seus amigos de longa data, tanto que Jack foi seu padrinho de casamento. Ao chegar lá Jack vê o que a policia com certeza vai pensar, que Andy matou Shelby.

Justine Smith, psiquiatra e braço direito de Jack na agencia está trabalhando junto com a policia em um caso de um assassino em serie. Ele já matou 11 colegiais, todas de maneiras diferentes, ao longo dos dois últimos anos. Ele sempre leva um troféu, alguma coisa da vitima. Ele nunca cometeu nenhum erro, não deixa digitais, nem fluidos, nada que leve a alguma pista. Na ultima vitima, ele mandou um e-mail para o prefeito e assinou com o nome de "Steemcleena". Justine não entende como uma pessoa pode matar de maneiras tão diferentes, e cogita a possibilidade do assassino ter personalidade múltipla.

Três dias após o assassinato de Shelby, o tio de Jack, Fred Kreutzer, empresario no ramo do futebol americano, procura Jack e pede a sua ajuda em uma suspeita dele e de seus sócios. Ele suspeita que os jogos estão sendo fraudados. Jack se vê envolvido em três casos grandes e alem disso já à algum tempo ele vem recebendo ameaças de morte diárias.  Alguém liga para o seu celular todo dia de manha e diz a Jack que ele está morto. Acompanhe Jack nessa investigação e conheça um pouco mais sobre essa famosa agencia de investigação, a Private.

Logo que comecei a ler esse livro, me lembrei dos livros do Harlan Coben. Especialmente os do Myron. São muito parecidos. O único livro que eu li do James Patterson foi O diário de Suzana para Nícolas e amei, mas como o autor é conhecido pelos seus livros policias, estava com a minha expectativa lá em cima. E as minhas expectativas foram atendidas e superadas. O autor escreve muito bem, e de uma maneira que nos prende a história. Como estou comparando com os livos do Harlan, só tenho uma ressalva, O Myron e o Win tem muito mais carisma do que Jack e Del Rio, a dupla de Private. Mas em compensação, em Private temos Justine, que alem de ser muito inteligente, tem umas cenas bem legais de ação. Nota: .




 

01 junho 2013

Resumo Literário e Cinéfilo de Maio/2013




Olívia


Filmes e Séries }

Bruna Surfistinha (nacional)   ♥♥♥♥
A busca (nacional)   ♥♥♥♥
Cidade fantasma   ♥♥♥♥♥
A morte do demônio   ♥♥♥♥
Cold Mountaim   ♥♥♥♥♥
A Fera   ♥♥♥♥
Colega de quarto   ♥♥♥♥♥
A origem dos guardiões   ♥♥♥♥♥
Quatro irmãos   ♥♥♥♥
Pressagio    ♥♥♥♥♥
Toy Story 3    ♥♥♥♥♥
ParaNoman    ♥♥♥♥
Hotel Transilvania    ♥♥♥♥♥
Valente    ♥♥♥♥♥
As vantagens de ser invisível   ♥♥♥♥♥
Django   ♥♥♥♥♥
O homem que mudou o jogo   ♥♥♥♥
Silencio dos inocentes   ♥♥♥♥♥
(nossa gente vi filme demais esse mês rs)

Livros }

Pequena Abelha  ♥♥♥♥♥


Silvana


Filmes e Séries }

The Vampire Diaries  4ª temporada  ♥♥♥♥♥
The Lying Game 2ª temporada   ♥♥♥♥♥

Livros }

A menina que brincava com fogo   ♥♥♥♥♥
Destinada    ♥♥♥
A ascensão dos nove    ♥♥♥♥♥
Private    ♥♥♥
Príncipe Caspian    ♥♥♥♥♥
Como se livrar de um vampiro apaixonado   ♥♥♥
Finale    ♥♥♥
Razão e Sensibilidade    ♥♥♥♥♥
Orgulho e Preconceito   ♥♥♥♥♥
Persuasão    ♥♥♥♥♥
Pequena Abelha    ♥♥♥
As MAIS 2    ♥♥♥♥♥
A ultima carta de amor   ♥♥♥♥♥
Viva para contar    ♥♥♥♥♥

Meta literária 2013

1- Cidade dos ossos                          26- Segredos
2- O casamento                                27- Private
3- Cidade das cinzas                        28- A ultima carta de amor
4- O filho de Netuno                         29- O clã dos magos
5- Razão e sensibilidade                  30- Charlotte Street
6- Desejo dos mortos                       31- Os homens que não amavam as mulheres
7- Orgulho e preconceito                  32- A menina que brincava com fogo
8- Cidade de vidro                           33- A rainha do castelo de ar
9- O começo do adeus                     34- O jogo do anjo
10- Persuasão                                 35- Despertada
11- Antes que eu vá                        36- Destinada
12- Do seu lado                               37- Escondida
13- Quebra de confiança                 38- Lilac
14- Guardiões                                 39- P. S. Eu te amo
15- A rainha da fofoca                     40- Cuco
16- Lugar nehum                             41- Resposta certa
17- A primeira vista                        42- Malicia
18- Confie em mim                         43- Viva para contar
19- Agnus Dei                                 44- Ratos
20- Eu sou o numero 4                     45- Como se livrar de um vampiro apaixonado
21- Uma proposta irrecusável          46- Feita de fumaça e osso
22- Desaparecidos para sempre       47- Despertar
23- Questões do coração                 48- O espião
24- Encanto                                     49- O inverno das fadas
25- Sereias - O segredo das águas    50- Ilusões


E vocês leram ou assistiram bastante esse mês?
© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo