20 abril 2014

Resenha | Zon - O Rei Do Nada - Andrei Simões e Lupe Vasconcelos

Sinopse:

Como seria reinar sobre absolutamente nada? Em Zon – O rei do nada, os leitores entrarão em contato com uma narrativa profunda e intensa, na qual conhecerão um personagem que precisa invadir mentes e consciências para continuar vivendo. E ele só ficará totalmente satisfeito se, no fim, destruir as crenças daqueles que domina. Dessa forma, abre espaço para que ele mesmo seja o substituto e se torne a grande divindade do universo. Porém, quando descobre que outras forças também trabalham em sua mente, Zon se vê preso num paradoxo, e já não tem certeza de que conseguirá dominar a realidade com tanta rapidez. Ao mesmo tempo em que constrói novas crenças, destrói sua própria existência. Quem estaria por trás desse controle? Conseguirá Zon permanecer vivo e são? Zon – O rei do nada é uma aventura fantástica onde verdade e mentira, realidade e ficção se misturam, fazendo com que até o mais calmo leitor estremeça diante das profundas descobertas. 



Opinião:
Histórias devem ter começo, meio e fim, ok? Não necessariamente, mas elas devem emocionar seus leitores, isso sim é obrigação! Zon, o Rei do nada são divagações de um autor pensante e empolgante. com indagações a respeito da existência do personagem, que diante do espelho, abre a porta da inquietude do pensar, então se questiona, será que ele existe, ou sua existência se resume à imaginação Daquele Que Escreve? Se for Assim, sua existência só se manterá viva enquanto houver pessoas que se lembrem dele? E o que vivera até ali foi em vão? E o que ele seria então? Se ele é só imaginação, pode bem ser onde quiser, que descoberta intrigante.
Em meio a essas reflexões em milésimos de tempo corre o divagar de Zon, um rei do nada, não que ele não seja nada, mas porque ele não se resume a nada, podendo ser tudo! O livro nos convida a pensar como autor, como personagem, como leitor, em fim, é um convite a um mergulho sem regras, sem início, meio ou fim, mas com certeza com emoções e descobertas. Eu recomendo o livro para quem conseguir se livrar do engessamento dos pensamentos lógicos e se permitir flutuar livremente em meio às palavras.



Resenhado por: Kátia Coutinho
Uma pessoa inquieta, curiosa, autêntica, racional, emotiva, porém lógica. Sociável do gênio difícil (se é que essa mistura faz sentido). Gosto de ler, aliás, gosto de me envolver em filmes, livros e grandes histórias, embora seja exigente quanto ao estilo. Ainda que tenha fé na vida, não sou do tipo alienada.


18 comentários:

  1. Olá Kátia e Sil,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no blog, parece interessante, mais não é uma leitura para o momento...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Kátia!

    O livro é bem diferente das obras que eu geralmente leio, pelo que eu entendi é algo mais filosófico, certo?

    Deve ser bastante interessante ler um livro assim. Através da leitura conhecemos o personagem principal e, consequentemente, acabamos nos conhecendo.

    Adicionado à minha lista de leitura!

    Abraço,

    Mariana Machado
    http://lentesdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie Kátia e Sil
    achei a proposta do livro muito diferente e interessante. Pelo visto o personagem principal é como se fosse o leitor, correto?
    Certamente daria uma chance, caso tivesse oportunidade de lê-lo
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Ainda não conhecia o livro! Parece ser interessante, apesar da capa não ser muito atrativa!
    Beijos

    Elidiane
    Leitura Entre Amigas

    ResponderExcluir
  5. Olá Sil,

    Não conhecia o livro, ainda não me atraiu, então essa dica eu deixo passar!

    Bjss

    http://www.viajenaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro,
    mas confesso que o enredo não me chamou atenção...
    Provavelmente não leria.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Kátia! Nunca tinha nem ouvido falar nesse livro, mas parece bem legal!
    Mas nao entendi muito bem, só existe um personagem mesmo?? Os outros sao forças dentro da mente?
    Parece bem diferente o livro! Me despertou o interesse =)

    Adorei o seu blog, já estou seguindo :D
    Se puder, também visite e siga o meu!

    www.livreeespontanealeitura.blogspot.com

    Até porque quanto mais amigos para conversar sobre o incrível mundo da literatura, melhor!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia, mas não faz meu estilo.
    Então não fiquei com muita vontade de ler.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Katia e Sil, não conhecia o livro, muito menos o autor. Não sou muito fã de livros neste estilo, mas é ótimo para aqueles que gostam do estilo. Tem post novo lá no blog, passa lá.

    Abraços,
    J. A. Santos

    http://j-a-santos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido falar sobre o livro e gostei de seu ponto de vista, mas não me sentir muito atraído para ler...
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Katia e Sil,
    Não conhecia o livro, mas infelizmente não faz muito meu gênero e acho que não leira...
    Bjs
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Meninas!

    Já havia achado a proposta do livro quando o apresentou aqui como parceria Sil e como a resenha da Katia mencionou já imaginava que ele seria mesmo um convite à reflexão. Parece ser daqueles livros que te tiram da sua zona de conforto. Achei muito interessante.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    A proposta deste livro me pareceu interessante. É bem diferente do que estamos aptos a ler atualmente. Provavelmente seria uma leitura proveitosa para mim, eu acredito.
    Gostei de saber sua opinião e espero poder ler esse livro algum dia.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  14. Parece um ótimo livro! É sempre bom ler coisas que nos remetem a reflexões!

    ResponderExcluir
  15. Oi Kátia! Oi Sil! :)
    Li umas resenhas a respeito do livro e todas falavam a respeito da complexidade da história. Confesso que não é o tipo de livro que me atrai, mas achei a proposta bem interessante.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  16. Lendo sua resenha eu me dei conta de que esse não é um livro pra mim, nem faz meu estilo e nem eu leria. A história parece ser interessante, mas acho que não pra mim.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oie Kátia e Sil =)

    Gosto de fantasia, mas infelizmente esse livro não me chamou a atenção.
    A premissa até parece interessante, mas não me deixou com aquela curiosidade de conhecer a história.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  18. Oi, meninas! Cara, que resenha mais intrigante. Me lembrou muito uma das aulas de filosofia que tive no ano passado. Acho que esse livro deve ser bem reflexivo...

    Um beijo grande da Jeni!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo sua visita! ♥

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo