07 junho 2015

Resenha | Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie


Livro: Assassinato no Expresso do Oriente
Serie: Não
Autor: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Gênero: Romance Policial
Páginas: 200
Ano: 2014

Resenha: 
Hercule Poirot está seguindo viagem até Istambul depois de mais um caso resolvido. O frio está castigando as pessoas e talvez até por isso só tem mais dois passageiros com ele no trem, um coronel da Índia e uma jovem senhora de Bagdá. Diferente de Poirot, os dois ingleses não ficarão em Istambul, seguirão viagem direto à Inglaterra. Mas Poirot tem que mudar seus planos. Assim que chega em Istambul ele recebe um telegrama pedindo seu retorno urgente à Inglaterra. Ele pede ao chefe da portaria que lhe arrume um lugar no Simplon Orient, o que não deve ser muito difícil, já que os trens andam quase vazio nessa época do ano. Mas ele estava enganado. O trem está lotado e ele só consegue um lugar na segunda classe, graças a um passageiro que não chega a tempo e também graças a sua amizade com o diretor da companhia, o Mr. Bouc.

No dia seguinte, ele está almoçando com o Mr. Bouc e começa a observar os outros passageiros. São 13 ao todo, entre eles os dois ingleses que ele já conhecia do outro trem e todos não poderiam ser mais diferentes. Entre eles está Mr. Ratchett, que reconhece Poirot e pede que Poirot aceite uma tarefa em troca de muito dinheiro. Ele diz que sua vida está sendo ameaçada e quer que Poirot lhe proteja. Poirot não aceita. Ele diz que não precisa de dinheiro no momento e só aceita casos que lhe interessam. E quando M. Ratchett insiste, Poirot pede desculpa, mas diz que não vai com a cara dele. Naquela mesma noite Poirot muda de cabine, após um outro carro ser engatado. Por coincidência ele fica na cabine ao lado de M. Ratchett e é até por isso que ele abre a porta de sua cabine e olha para fora depois de ouvir um barulho na cabine ao lado e um grito abafado. Como ele não vê nada de errado ele volta a dormir, mas antes olha no relógio, são vinte e três pra uma.

Mas ele não consegue conciliar o sono novamente, ainda mais que o trem está parado e fica ouvindo todos os movimentos na cabine ao lado. E quando o relógio marca uma e quinze, ele decide chamar o condutor. Mas alguém tem a mesma ideia que ele e faz isso insistentemente. Quando finalmente o condutor vem atendê-lo, ele pede desculpas pelo atraso, ele estava com a senhora americana que insistia que tinha um homem na sua cabine. No dia seguinte ele descobre que o trem está parado por causa de uma nevasca e isso deixa todo mundo nervoso. Mas o pior ainda estava por vir. Mr. Ratchett foi assassinado em sua cabine durante a noite e Mr. Bouc implora que Poirot descubra quem é o assassino. E tudo indica que já que o trem está parado, o assassino está entre eles. E o caso fica ainda mais complicado quando Poirot descobre a verdadeira identidade do morto.
"A coisa toda começa a se esclarecer muito bem! O assassino era um homem forte, era um homem fraco, era uma mulher, uma pessoa destra, uma pessoa canhota..."
Acho que poucas pessoas irão dizer que nunca ouviram falar desse livro. Ele é senão o mais famoso, pelo menos entre os 5 ele está, livro da considerada Rainha do Crime. E ela não carrega esse título a toa não. Agatha Christie só perde no número de vendas para Shakespeare, segundo lugar e para a Bíblia, primeiro lugar. O livro é dividido em três partes. A primeira parte narra os acontecimentos até o momento em que é descoberto a verdadeira identidade de M. Ratchett. A segunda parte começa com Poirot investigando o crime e acaba na parte onde ele é desafiado pelo assassino. E a terceira e última parte narra a solução do assassinato. As soluções aliás, pois, Poirot encontra duas, a verdadeira e uma outra sugerida por ele. Essa é a minha décima segunda leitura desse livro e devo dizer que ainda me surpreendo com a genialidade da autora.

Poirot é o meu detetive preferido de todos os tempos, me desculpem fãs do Sherlock hehe. Ele é o cara. E ele sabe disso e é até arrogante em varias situações. Mas ele merece porque é bom mesmo. O crime foi muito bem planejado em seus mínimos detalhes, o assassino só não contava que Poirot estaria no trem. E quando Poirot é reconhecido, o assassino faz toda uma cena para enganá-lo, mas Poirot aceita o desafio e é claro que ele descobre tudo. O que gosto no detetive, é que ele descobre as coisas só estudando o comportamento das pessoas, mas ele não se contenta  e não revela o que descobriu até esclarecer todos os detalhes do caso. Se você ainda não leu nada da Agatha começe por esse, eu mais do recomendo ele. A edição que eu li está muito bonita. Tem capa dura e folhas amarelas. O que me chateou um pouco foram os vários erros de português que encontrei no livro. A revisão deixou a desejar.

Nota:



19 comentários:

  1. Oi, Silvana! Tudo bem?

    Eu adoro Agatha Christie e, esta capa está divina!
    Parabéns pela resenha! Gostei muito!

    Visite-nos e caso queira, siga-nos:
    Irmãos Livreiros

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Opa Ágatha é demais
    quero ler esse livro
    adorei a resenha
    bju

    http://karinapinheiro.com.br/mulheres-parem-de-acreditar-em-principes-encantados-o-lobo-mau-e-melhor-acredite/

    ResponderExcluir
  3. Essa autora recebe inúmeros elogios e acredita que até hoje não li nenhum livro dela! ? Tenho que mudar isso. ótima resenha!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sil! Depois que li uma coletânea de contos da Agatha Christie, todos os livros dela entraram para os meus desejados. Estou louca por essas edições da Nova Fronteira hahaha. Pena que a revisão não foi tão bem feita.. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sil!

    Nunca li nada da Aghata! =/ Mas estou apaixonada pelas novas edições das obras dela que a Nova Fronteira fez! ♥
    Minha mãe já leu esse livro e diz que é ótimo, tenho que ler algo da rainha do crime urgentemente!!!!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sil! Tudo bem? Nunca li nada da Agatha Christie, mas recentemente comprei um box com os livros dela, box esse que contem justamente esse livro que você resenhou. Seguirei sua dica e começarei a ler Agatha por esse livro! Espero gostar dele! *-* Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. gostei muito da resenha,parabéns pelo blog
    http://unhas-e-livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oie Silvana! :D
    Mas que saudade me bateu agora esse foi o primeiro livro que li da Rainha do Crime quando tinha 12 ou 13 anos, foi a época que me apaixonei por livros de investigação sem contar que o Poirot é meu detetive favorito também e o final desse livro... O,O Lembro até hoje da minha surpresa! kkkkkkkkkkkkk :D

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil, li este livro em sua versão original em inglês e vou te falar que a Agatha é uma das minhas inspirações para escrever livros com uma pitadinha de romance policial, AMO! O meu favorito ainda continua sendo "Convite para um homicídio", mas o Expresso também é muito, muito bom! Sua resenha abordou todos os pontos, parabéns!

    http://eraumavezlivrosecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Sil.
    Eu adoro a escrita da Agatha, então achei bem interessante sua resenha. Sem falar que esse livro é um clássico dela, né? Aliás, um clássico que infelizmente não li.
    Adorei a resenha. Preciso ler esse livro logo.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  11. Oi Silvana!
    Adoro Sherlock Holmes, mas ainda não li nada da Agatha. Quero ler E Não Sobrou Nenhum, mas também gostei muito da resenha deste volume.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, confesso que fiquei bem animada para ler
    beijos
    Um Mundo Em Duas 

    ResponderExcluir
  13. Oie Sil =)

    Esse é o meu livro favorito da Agatha *-*
    Foi também o primeiro livro que li dela, e talvez por esse motivo ele seja o meu queridinho rs...
    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sil!
    Sou louca para conhecer a escrita da Aghata Christie. Gosto muito de enredos cominsvestigação. Nao posso deixar de conhecer os livros da rainha, né?!
    Amei a resenha. Com certeza vou começar por esse livro.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    #MêsDosNamorados do Costruindo Estante. Concorra a 1 vale presente de R$ 50,00 da Saraiva.
    Participe!

    ResponderExcluir
  15. Amiga eu ainda não li nada da Agatha e tenho muita curiosidade, principalmente pela parte investigativa. Gostei de tudo que você apontou sobre o livro, mas a pergunta que não quer calar e que tenho que te fazer para tirar esse receio que tenho dos livros da autora...Por acaso os livros são muito violentos e fortes? Porque tipo, eu gosto de leitura leve...mistério/suspense, nada daquelas coisas sangrentas e tudo mais. Enfim...Até hoje eu não li nada por causa disso. Ai queria saber de você.
    Se puder me falar ficarei feliz =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/the-book-jar-parte-6.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana
      Não são violentos nem fortes não. O foco dos livros dela é na investigação e não no crime em si hehe.

      Excluir
  16. Olha que legal essa história, são tantos os livros desta autora que me confundo facilmente hahah
    Adorei sua resenha, bem completa mas sem contar tudo

    Beijos
    www.heyealaysa.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Sil! Amo romances policiais, mas nunca li nada dessa autora, que é tão famosa, eu super leria só per ter um assassino na história - maluca eu sei - ahhahha - mais não adianta, amor é amor!
    Beijos
    Paula Juliana - Overdose
    Ps: Gostei que está colocando se é série ou não, ajuda muito isso!
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/06/resenha-poder-encantadas-03-sarah.html

    ResponderExcluir
  18. Olá =D

    Eu adoro os livro da Agatha Christie <3 E nossa, que nostalgia... há quanto tempo não leio os livros dela! Também adoro o Poirot, ele é o cara! E este livro é maravilhoso, um dos meus preferidos da autora!

    Triste o fato de ter tido uma revisão ruim... já ouvi comentários sobre destas edições e pelo que percebi todas tem uma revisão que deixa muito a desejar =/

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo