13 novembro 2013

Resenha | Demônios não choram - Samuel Cardeal

Estamos em 2184. Depois que o homem conseguiu destruir as reservas naturais do nosso planeta, houve uma escassez de alimentos e água, e a grande guerra foi inevitável. Mas nessa guerra não houve vencedores. Todos perderam. Mais de 90% da população foi dizimada. E com a falta de água, a energia acabou. Os cientistas então acharam um jeito de extrair energia do Sol. Mas como tudo acaba um dia, a luz do Sol também acabou. E em meio a escuridão que virou o planeta, eles criaram uma enorme esfera para agir como fonte de luz e soltaram no espaço. Seu nome é Chispa. Mas a Chispa só gera luz algumas horas por dia e precisa sempre ser desligada para poder recarregar.

É em meio a esse cenário que Ezequiel nasceu. Mas logo criança seus pais foram assassinados e ele ficou sozinho no mundo. Ele teve que aprender a sobreviver. Ele aprendeu a ler sozinho e foi lendo alguns livros que ele conseguiu criar um filtro para água. A unica água existente é da chuva e mesmo assim só pode ser consumida quando filtrada. Para comer, em um dia bom ele consegue um rato por exemplo, se não, tem que se contentar com baratas e outros insetos. Num desses dias em que estava procurando comida ele encontrou um garoto morrendo de fome e ajudou-o. Seu nome é Elias. Depois de um tempo vivendo juntos, eles resolvem procurar o pai de Elias, seu Josué. E é através de Josué que Ezequiel, fica sabendo sobre o verdadeiro perigo da escuridão. São os demônios.

Por isso que as pessoas agora moram no subterrâneo. São poucos que se arriscam a sair e mesmo assim somente sob a luz da Chispa. Ezequiel agora tem um proposito na sua vida, ele vai viver para caçar e destruir os filhos do inferno. Numa dessa caçadas ele salva uma menina, e como ela não tem ninguém no mundo ele é obrigado a leva-la junto com ele. O que Ezequiel não imaginava é que essa missão será a mais importante da sua vida. Uma missão que envolve um livro e uma antiga profecia. Como adversário, Ezequiel terá um antigo mafioso, Don Giovanni, que trabalha para o Senhor do abismo. E Ezequiel não pode falhar pois se isso acontecer, Terra e Inferno passarão a ser um só mundo, de eterno castigo para as almas humanas.

Quando peguei o livro para ler, fiquei com um pé atras já com o nome.Mas depois que li a sinopse me interessei pelo enredo do livro. E não me decepcionei. Sabe aquele livro que você lê e assiste ao mesmo tempo? Esse livro foi assim. Impossível não "assistir" o cenário criado pelo autor. Só não dei nota máxima pois fiquei meio confusa principalmente no começo, quando o autor alternava entre o presente do Ezequiel, depois era o passado do Ezequiel com Elias e depois mais ainda no passado de Elias. Achei que podeira ter uma aviso. Mas mesmo assim não é nada de grave.

O que achei muito legal foi o autor abordar a questão do desperdício de alimentos e dos recursos naturais que temos na Terra. Infelizmente esse cenário caótico, pode vir a ser realidade se continuarmos do jeito que estamos. Quem gosta de um livro de aventuras em que a cada pagina é um acontecimento diferente, e novas revelações, vai adorar o livro. Sem falar no final surpreendente. Eu nem esperava o que aconteceu. E a parte sobre os demônios que eu estava mais preocupada por não gostar nem de livros, nem de filmes com esse tema, não foi o que eu estava pensando. Se você é como eu, meio medrosa, pode ler sem medo, que mesmo com a participação fundamental deles, a parte dos rituais não chega a ser descrita com aquelas palavras que a gente nem entende o que está lendo. Nota:  .




22 comentários:

  1. Oi Sil!

    O título me deixou instigada Gostei da premissa do livro e do fato de ele tratar sobre o desperdício de alimentos e dos recursos naturais. Infelizmente é algo provável em um futuro. Fiquei interessada.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Silvana

    Fico muito feliz por ter gostado do livro. Gostei muito da resenha.
    Muito obrigado pela oportunidade e apoio.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço. O livro é muito bom.

      Excluir
  3. Nossa, o título e a premissa não fazem muito meu estilo, mas o que você colocou como pontos positivos dele sim!
    Nunca tinha escutado falar nem lido nada sobre, contudo confesso que fiquei bem curiosa!
    Valeu a dica, heim!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha visto um pouco desse livro e ele tinha me chamado muita atenção, ao contrário de você eu gosto de ver algumas coisas sobre demônios apesar de morrer de medo, acho que a curiosidade fala mais alto. Fiquei curiosa por ser distopia, adoro esses mundos caóticos que os autores criam que nos fazem pensar nas nossas atitudes atuais.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha *-*
    Mas infelizmente não é um livro que eu leria com muita vontade, rs. Não faz muito meu gênero.
    Mas quem gosta, deve adorar esse livro!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. bom, adorei a resenha, de verdade.

    Quero esse livro para mim *-* adorei a história, e a temática proposta é incrível, bem bolado.
    Beijos,
    Rafael.

    http://livrosvsseries.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Silvana

    Achei o estilo do livro bem interessante. Curti o fato de ele destacar pontos tão importantes qto o desperdicio. Quero conhecer um pouco mais do autor e da obra.

    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sil, simplesmente amei sua resenha. Adorei a premissa da história e, assim como você, o fato do autor ter abordado a respeito da destruição dos recursos naturais da Terra. Infelizmente, acho que estamos cada vez mais perto de viver uma realidade caótica como esta. Quem sabe com mais obras sendo lançadas nesse estilo a gente não acorde para a realidade e tente evitar os futuros problemas que estão por vir? Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Sil, tudo bem?
    Essa é a segunda resenha que vejo desse livro! Estou bem empolgada, até porque essa parte de assistir o livro ao mesmo tempo em que você lê é demais! Sinal de que o autor consegue fazer tudo o que se propõe.
    Curti bastante a indicação. Fiquei feliz que o restante do enredo compensou a confusão inicial.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Segunda vez que leio uma resenha interessante sobre esse livro!
    Sério, me apaixonei!
    Acho que ele traz alguns assuntos muito atuais, e adoro quando um livro nos "coloca para refletir".
    Boa indicação!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  11. Nossa, já li outras resenhas desse livro e todos falam bem! Eu não tinha vontade de ler ele até começarem a me falarem bem dele, acho que irei dar uma chance!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Sil,

    Não conhecia o livro, mas está bem nítido que possui uma estória interessante,
    o titulo também não me agradou muito, mas pontos citados em sua resenha me chamaram muito a atenção.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Não é meu estilo de leitura, então não me chamou atenção.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha e se você gostei deve ser bom mesmo, adorei o post
    Beijos!
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia esse livro, mas ele parece ser interessante. Acho que não o leria, por não fazer muito meu gênero de leitura :)

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil :)
    Menina, eu confesso que o nome me deixou meio pé atrás também. rs Mas a sua resenha me conquistou e estou curiosa. Não conhecia o livro, nem o autor.
    É bem o meu estilo de leitura e vou procurar ele.
    Beijos
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie Sil =)

    Já li algumas resenhas desse livro, mas confesso que apesar de a grande maioria assim como a sua ser no geral bem positiva, não é muito o tipo de leitura que busco para o momento.

    Ótima resenha!

    Beijos e um ótimo feriado;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  18. Oi Silvana! Pelo título, também fiquei com um pé atrás, mas a sinopse e sua resenha se mostraram bem bacanas e fiquei interessada no livro! Sou bem medrosa em relação à esse tema, e saber que o livro não é tão aterrorizante assim é mais reconfortante! Hahahaha
    Adorei a resenha! :D

    Mil beijinhos! www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  19. Oii!!
    Ainda não li o livro, mas pela resenha percebi que ele aborda assuntos bem importantes!
    Beijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  20. Nossa que interessante! Não conhecia esse livro! E sua resenha está maravilhosa, fiquei com muita vontade de ler!
    beijos

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. A capa do livro não é tão atraente, mas o nome com certeza é. Não sei se leria o livro, e não entendo o motivo, mas acredito que não iria gostar. Sei lá!
    Adorei a resenha!
    xoxo

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo