12 agosto 2014

Resenha | Todo Dia - David Levithan

Antes de começar a resenha só vou deixar claro que quando me referir a A como ele, estou me referindo a ele o individuo e não ao sexo masculino.
Todo Dia conta a história de A. Não sabemos se A é um homem ou uma mulher, só que todo dia ele acorda em um corpo diferente. A unica coisa em comum entre os corpos é a idade deles, que no momento é um adolescente com dezesseis anos. Por todo esse tempo, ele viveu assim. Ele não sabe o porque disso, mas em um momento de sua vida ele se deu conta de que era diferente. A cada dia ele tem que se adaptar ao seu novo corpo que pode ser de qualquer gênero e de qualquer personalidade, as vezes é um corpo saudável outras é no corpo de alguém que está muito doente ou até mesmo alguém que pensa em tirar a sua vida. Ele tem que acessar as memorias dessa pessoa para descobrir as coisas mais simples como o seu nome.

A sabe que não pode se envolver na vida da pessoa, pois amanha ele será arrancado desse corpo para acordar em outro. Ele já tentou ficar acordado para isso não acontecer, mas não teve jeito, aconteceu. Nunca ele voltou para um corpo em que já tenha estado. Agora ele apenas vive a vida da pessoa e leva consigo a unica coisa que ele pode levar: conhecimento. Isso até acordar no corpo de Justin. Para ele seria um dia como qualquer outro. Acordar, tomar banho e correr para a escola. Mas a diferença foi que ele conheceu Rhiannon, a namorada de Justin. Rhiannon fez com que A quisesse mudar as regras. Ele ainda não sabe bem o porque, mas depois de conhecê-lá, ele desejou que tudo fosse diferente, que pudesse ser Justin novamente.

Agora a sua vida se resume a torcer para acordar em um corpo que pelo menos fique perto da cidade onde Rhiannon mora, para conseguir se encontrar com ela, mesmo que ela não saiba quem ele é. E essa decisão de A em quebrar as regras, faz com que Nathan, um dos corpos em que ele vive depois de conhecer Rhiannon, perceba que alguém esteve em seu corpo e quando ele acorda no meio da estrada e vai parar na delegacia, ele alega que foi possuído pelo demônio durante um dia inteiro. E essa história começa a tomar proporções cada vez maiores. Enquanto isso A decide lutar por Rhiannon e conta a verdade para ela. Será que esse amor é impossível ou qualquer barreira pode ser transposta em nome do amor?

Todo Dia é um livro diferente de tudo o que eu já li. Ele nos tira da zona de conforto e nos leva a pelo menos tentar ver a vida sem todos os rótulos que costumamos colocar. O protagonista é A, mas durante toda a leitura eu tentei ver a história pela visão da Rhiannon. Me imaginei no lugar dela, tendo a cada dia que enxergar além do corpo que estava em sua frente. Como o mundo seria diferente se conseguíssemos fazer isso. Ver o individuo por dentro do corpo. Não enxergar o sexo, a cor, o cabelo a religião e tudo o mais e sim, ver somente o caráter de quem está na nossa frente. Não sei se todos sabem, mas sou evangélica e me lembrei de uma vez que meu pastor falou isso na igreja sobre não sermos a "casca" que as pessoas veem e sim o que está por dentro.

É impossível não torcer pelo casal durante a leitura. Mesmo não vendo jeito deles ficarem juntos, eu torci por eles a cada palavra lida. E até o final fiquei com aquela esperança de tudo terminar bem no final. Não vou dizer como termina, só vou dizer que o autor foi genial ao escrever o livro e cumpriu com honra o que ele se propôs a escrever. A é um personagem cativante, digno de um caráter exemplar. Mesmo quando teve a chance de pensar um pouco nele antes dos outros, ele não o fez. Eu não sei se conseguiria ter a mesma atitude que ele, ainda mais depois de tudo o que ele passou em sua vida. Recomendo o livro para você que está cansado de ler sempre as mesmas coisas e quer uma leitura diferente e agradável, sem deixar de fazer você refletir e muito.
Nota:


26 comentários:

  1. Oi Silvana :)

    Eu li Todo Dia e me apaixonei. É incrível, né? Não tenho muito o que falar desse livro, sua resenha já falou o que acho dele. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Silvana...
    Já ouvi falar que o autor é genial mesmo.
    Nunca tive muita vontade de ler esse livro, mas tenho visto tantas resenhas empolgadas a respeito que vou pensar melhor..rs
    Quem sabe né..

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, amor.
    "Como o mundo seria diferente se conseguíssemos fazer isso. Ver o individuo por dentro do corpo. Não enxergar o sexo, a cor, o cabelo a religião e tudo o mais e sim, ver somente o caráter de quem está na nossa frente" todos somos únicos, há um mundo dentro de cada um de nós, por isso nunca atiro pedras sobre aquilo que nunca vi, pois não sei o que vou atingir. Apesar de você ser evangélica, e eu agnóstica ateísta, temos uma filosofia similar ao que me pareceu. Amei, e nunca li esse livro porém me despertou curiosidade. Aliás não há resenha no mundo dos blogs que não me desperte curiosidade, mesmo não concordando com o que está escrito, eu quero ler, quero formar opiniões, quero repensar, quero não me alimentar de convicções, quero usufluir da minha "liberdade literaria"hahaha sempre há espaço na minha mente para o conhecimento , e a "viagem".

    http://conclusoesnoturnas.blogspot.com.br/2014/07/estar-vivo.html

    ResponderExcluir
  4. Daivd Levithan ... não me recordo muito bem, mas parece que já li algo dele.

    DANCIN' OF DAYS
    http://dancinofdays.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie Sil
    esse livro é tão amor!!
    Eu me emocionei muito com a história de A, e também torci muito por um final feliz. Virei fã do autor depois desse livro.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  6. Coincidência ou não, acabei de ler uma resenha de outro livro do autor. Nunca li nada dele, mas me apaixonei por sua resenha! Eu tô com uma lista imeeeeeeensa de livros pra ler, mas com certeza vou ler esse logo. O livro parece ser MUITO bom. *-*
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    já vi este livro por aí e li algumas resenhas, mas confesso que ele ainda não me chamou atenção. A história parece ser bonita, mas ainda não me convenceu rsrsrs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oii,

    Eu já vi muita gente falando sobre o livro, mas não dei importancia porque achei a capa feia e não me senti atraida :(
    Mas adorei a sua resenha, fiquei curiosa para entender quem é A... Obrigada pela dia Sil.

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  9. Oiee.

    Eu ando superrrr curiosa para ler este livro. Sempre vejo resenhas positivas e acredito que
    eu vá amar a leitura e torcer pelos personagens como você rs.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Silvana,
    nossa como leio assuntos falando super bem deste livro e não é a toa que ele esta na minha lista. E vou já dizendo que você apenas me atiçou a querer ler, contudo não posso por que não tenho o livro. E isso me deixa angustiada.
    E sobre o assunto abordado e que você ressaltou, é bem o que deveríamos de pensar e sentir, porem não é bem desta forma que as coisas funcionam em nosso mundo. Deveríamos ver as pessoas pelo seu carácter, pela sua personalidade e não por sua religião, cor, raça, etc...
    E ser quem somos por dentro, ser o que é certo, mas... O mundo acaba julgando e as pessoas acabam não passando de um rotulo.
    E por este motivo a mais ressaltado por você sobre o livro foi o que me deixou mais empolgada.

    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  11. Gosto de livros assim, que nos prendem do início ao fim ao nos tirar da zona de conforto.
    Fiquei curiosa pela leitura dele.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
  12. Olá Sil,

    Esse livro esta na minha lista de desejados, só leio resenhas positivas dele e a minha curiosidade só aumenta, espero poder comprá-lo logo...parabéns pela sua resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que fofa sua resenha,Sil!
    Eu não li Todo Dia, mas tenho uma curiosidade enorme. Eu achei a trama muito interessante e diferente. Estou cansada de ler histórias que não saem do lugar comum e acho que Todo Dia seria uma leitura que com certeza iria me marcar.
    Espero ler em breve.
    Beijocas
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  14. A cada resenha, que leio eu fico com mais vontade de ler ele e conhecer a história de A, que bom que você gostou da leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Passada com essa resenha e com esse enredo! Que agonia viver em corpos diferentes! E a questão do gênero, como se adaptar??? Achei incrível essa ideia do autor, estou morrendo de curiosidade e inevitavelmente eu vou torcer pelo casal rsrsrsrs!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Eu não consiiiiiiiiiiiigo ter vontade de ler esse livro. E fico sem jeito porque a maioria das resenhas que leio são positivas e tudo o mais =/

    Beijos,
    Larissa

    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  17. Oiii Siil!
    eeeu estou me enrolando para comprar esse livro! não sei porque, afinal tenho certeza que é o tipo de leitura que vou AMAR!!
    Gosto de livros que nos tiram da zona de conforto... que nos fazem refletir!
    adorei a resenha, ficou MARAVILHOSA! demonstra o quanto você aproveitou a leitura

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  18. Sabe que sua resenha me deu vontade de ler esse livro?
    Nunca tinha ficado com vontade de lê-lo antes...
    Principalmente porque quero saber se no final o casal fica junto mesmo..rs
    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie Sil =)

    Sempre leio resenhas muito positivas desse livro, mas confesso que a sua foi a primeira resenha que eu li, que me deu vontade de ler o livro.
    Não sei quando terei a oportunidade, já que o livro não é uma das minhas prioridades. Porém agora vou olhar para ele com mais carinho.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  20. Oi Silvana, tudo bem?
    Adorei a resenha de hoje.. Ainda não li nenhum livro do autor, mas estou ansiosa para fazê-lo. Não sabia muito bem do que se tratava esse livro e a sua resenha me surpreendeu... É totalmente diferente do que eu esperava. Fiquei com vontade de mergulhar nesse universo e conhecer melhor A, esse indivíduo sem gênero, cor, forma... Estou realmente curiosa para saber o final.

    Beijo grande.

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  21. Nunca li mas parece ser ótimo! Adorei o post.
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  22. Estou doida atrás desse livro, só de ler sua resenha já me emocionei acredita? rs
    Acho a mensagem do livro muito linda e importante, que a gente sempre tem que lembrar :D
    Beijão,

    Amanda
    Divã Literário
    SORTEIO - 1 exemplar de Extraordinário Clique aqui para participar!

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda não li o livro, mas espero gostar tanto quanto você.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Esse livro é sensacional. Não consegui parar de ler! <3

    http://legadodaspalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Nossa que interessante! Não conhecia mas vou colocá-lo já na minha lista de desejados! Sua resenha está otima e instigante também! Fiquei com vontade de lê-lo pra já! rsrs
    beijoos

    http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Amo esse livro, os personagens, o enredo, a capa... tudo muito perfeito. Dizem que terá uma continuação, será?! Torço para que tenha pois o final foi de parar o coração, hahaha.
    Adorei a resenha
    Beijos!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo