20 setembro 2017

Resenha | O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs


Livro: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares
Série: O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares #1
Gênero: Fantasia
Autor: Ransom Riggs
Editora: Leya
Páginas: 336
Ano: 2015
Resenha:
Quando criança Jacob Portman era fascinado pelas histórias que seu avó Abraham contava. As histórias eram sobre sua infância e aconteciam em um orfanato que ficava em uma ilha no País de Gales, onde as crianças ficavam protegidas dos monstros graças a uma ave velha e sábia. Essas crianças tinham peculiaridades, uma podia levitar, outra podia erguer muito peso e tinha até uma que era invisível. Mas Jacob foi crescendo e começou a duvidar da veracidade das histórias e seu avó mostrou algumas fotos que ele tinha dessas crianças. E mesmo aos seis anos, era possível ver que as fotos não eram muito reais. Mas Jacob queria acreditar e continuou assim por algum tempo, até que seu pai contou a verdade. Que Abraham na verdade era um refugiado da Segunda Guerra e a peculiaridade das crianças era que todas eram judias fugindo dos monstros alemães.


Então aquilo aconteceu e mudou a vida de Jacob. Quando estava com quinze anos seu avô que passava a maior parte do tempo vivendo em suas próprias histórias e era considerado um demente, ligou para Jacob pedindo ajuda e quando Jacob chegou até ele, Abraham estava quase morto, como se tivesse sido atacado por algum animal e antes de morrer ele fez Jacob prometer que iria para a ilha, único lugar onde ele estaria seguro e falou algumas frases desconexas: "Encontre a ave", "Na fenda", "Do outro lado do tumulo do homem velho", "Três de setembro de 1940", "Emerson... a carta", mas o que apavorou mesmo Jacob foi ver uma das criaturas que seu avô descrevia quando ele era criança. Ninguém acreditou no que ele viu, e por meses Jacob teve o mesmo pesadelo com o avó e o monstro todos os dias e precisou da ajuda de um especialista, o que não resolveu muita coisa.


Mas então em seu aniversário de dezesseis anos ele enfim teve acesso ao livro de Emerson e dentro havia uma carta escrita há quinze anos por uma tal Alma Peregrine, diretora escolar. Jacob então convence seus pais de que ele precisa ir até a ilha para conseguir se curar daquele pesadelo. Mas ao chegar na ilha, no lugar do orfanato ele só encontrou um mausoléu destruído há muitos anos, na época da guerra, precisamente no dia 3 de setembro de 1940 e aparentemente seu avô foi o único sobrevivente do bombardeio. Porém Jacob não se dá por vencido e decide investigar o orfanato. Depois de muito procurar ele encontra um baú repleto de fotografias iguais ao que seu avô lhe mostrou. E é nessa hora que ele percebe que não está sozinho, crianças iguaizinhas as da foto estão lhe observando. Depois da susto ele corre atrás de uma das garotas e acaba indo parar em um cairn, uma das tumbas neolíticas que deram nome a ilha. Mas ao voltar pelo túnel, ele acaba encontrando o que foi procurar na ilha.

"Virei-me na direção da janela e olhei para fora, maravilhado. O quintal estava cheio de crianças; quase todas elas eu reconheci das fotografias amareladas. Algumas descansavam à sombra de árvores frondosas, enquanto outras jogavam bola e corriam atrás umas das outras em meio a canteiros de flores que explodiam em cores. Era exatamente o paraíso que meu avô me descrevera em suas histórias. Essa era a ilha encantada; essas eram as crianças mágicas. Se eu estava sonhando, não queria mais acordar. Pelo menos, não por um bom tempo."

Quando vi esse livro pela primeira vez eu jurava que era de terror. Acho que por causa das fotos. Só vim descobrir sobre o que era realmente quando veio o filme e dai todo mundo começou a resenhar. E na BF do ano passado aproveitei e comprei os três livros de uma vez que estavam muito baratos e eu estava morrendo de curiosidade de ler. Mas só agora consegui colocar eles na lista de leitura hehe. Mas não consegui comprar todos da mesma editora. O primeiro livro só achei o capa dura da Leya, e os outros da Intrínseca, mas não deu muita diferença não. Os três são lindos. Por fora temos uma jacket com uma das fotos que estão dentro do livro, e a capa dura é na cor rosa. O livro é uma união da história com as fotografias, que segundo o autor, são todas autenticas. A diagramação está perfeita e não vi erros de revisão. É uma edição que dá gosto ter na estante.


Fui fisgada pelo autor logo no prólogo. Não sou muito fã de livro em primeira pessoa, principalmente em livros de fantasia, a visão da história fica muito limitada. Mas Jacob é um personagem que a gente ama logo na primeira página, por isso não me incomodei com a narração. Li em algumas resenhas que o começo do livro é muito lento e que as coisas demoram para acontecer. Eu não achei isso. A primeira parte é essencial para entendermos onde o autor quis chegar com a história. É claro que queremos chegar logo na parte onde estão os peculiares, mas a jornada até lá é tão importante quanto o restante da história. E eu que adoro histórias com viagens no tempo, fui surpreendida quando cheguei nessa parte da história e descobri que as crianças viviam em uma fenda temporal. Já estava amando a história antes, depois disso então...


O autor é muito bom. O livro é de fantasia, mas a história poderia ser real. E tudo acontecer em meio a Segunda Guerra torna o enredo ainda mais interessante. E ainda assim não poderia ser mais atual ao levantar a bandeira sobre a diversidade, assunto tão comentado hoje em dia. Não temos "poderes" que nos diferenciam, mas não somos todos peculiares de uma maneira ou de outra? E isso não nos torna nem melhor, nem pior do que ninguém, só diferente. Enfim, só me resta indicar o livro para quem ainda não leu. Quanto ao filme, li muitas criticas negativas sobre ele e as diferenças entre os dois, mas ainda assim irei assistir. Ainda bem que já tenho o segundo livro porque eu preciso ler a continuação dessa história.


Nota:







21 comentários:

  1. Oi Sil! Adorei a resenha! Assim como você, achava que era um livro de terror, mas depois de ler algumas resenhas e de ter visto o filme concluí que de terror não tem nada hahaha... Não sei se daria uma oportunidade para ler o livro, porque de certa forma já sei o que vai acontecer. Eu não gosto de ver filme antes por conta disso. :(

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi Sil, eu achei o começo bem misterioso, na época eu não tinha noção do que se tratava então fui bem surpreendida. Fico feliz que vc tenha gostado tb e essa edição é sensacional <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil! Eu até hoje não consegui ler esta série, nem o filme eu vi. Mas gostei do que você colocou na resenha e concordo que todos somos peculiares de algum modo e nem por isso melhores que ninguém. Cada um é cada um e merece ser respeitado. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil, tudo bom?
    A edição desse livro é a coisa mais maravilhosa da vida. Amo o clima dark e a combinação com as fotografias peculiares. Ainda não li, mas tô muito ansiosa pra fazer isso. Preciso estar na vibe Tim Burton/Del Toro pra não me atrapalhar.
    Adoro quando os protagonistas são amados logo no começo, torna a história tão mais emocionante!
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa muito dark né? Não é muito o meu tipo de livro preferido

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, que bom que gostou da leitura!
    Eu fui uma que achou o filme bem ruim, tanto que desanimei de ler os livros, infelizmente :'(
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Lembro que quando saiu, eu super comprei achando que era terror também hahaha.
    Mas curti mesmo assim, ainda não li a continuação.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sil.
    Quando vi o filme em cartaz eu tinha uma ideia totalmente diferente...
    Não vi o filme, pois achava que era de terror.
    A sua resenha me deixou muito curioso, pois parece um livro de fantasia bem bolado e com muito mistério.
    Bela resenha.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com

    ResponderExcluir
  10. Minha amiga leu o livro e falou que o filme é mega diferente, foi um dos filmes que ela mais sentiu a diferença. EU sou louca pra ler esse livro, ainda mais com sua resenha agora ♥

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  11. Você sabe que eu não sou muito de ler fantasia, né Silvana? Mas acho essa edição TÃO linda que fiquei com muita vontade de comprar. Aliás, as duas edições são super bacanas!

    ResponderExcluir
  12. Minha irmã tá lendo esse livro, quem sabe depois eu não pego emprestado.

    clebereldridge.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Aii que tudo Sil! Não tenho os livros, mas preciso adquirir... quero muito! Não vi o filme porque primeiro quero ler os livros. As edições estão lindas. Eu adoro livros caprichados.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  14. Oi Sil, tudo bem?
    Acho que a maioria no começo achava que o livro era de terror, por isso não estava querendo ler esse livro por não ler esse tipo de gênero.
    Mas na hora que vi o trailer percebi que estava totalmente enganada, e preciso dizer que adorei o livro!]
    Ainda não li as continuações, mas já estão na meta!

    Beijos :*
    Say My Book

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler o livro, tenho-o na minha estante em lista de espera! O filme ficou um pouco aquém das minhas expectativas.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  16. Helloo, Sil! Tudo numa nice?!
    Sempre tive vontade de ler esses livros, mas sempre bateu a preguiça. O momento que eu realmente pensei em ler foi antes do filme por causa que tem o Asa e eu o adoro como ator. O que sempre me chamou atenção nesse livro foram as imagens peculiares. Li o livro de contos do autor, mas não me senti instigada a ler a trilogia. Mas que bom que gostou da obra.
    Beijin...
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Sil, a ediçao é realmente muito linda.
    Sabe que eu sempre tive vontade de ler essa série, mas nunca adquiri os livros?
    Eu até quis ver muito o filme quando foi lançado, mas nem o fiz justamente porque ainda não li.

    Quer ganhar 2 livros a sua escolha? Então acesse o Blog para saber como ganhar.

    http://www.revelandosentimentos.com.br

    Abraços,

    Naty

    ResponderExcluir
  18. Essa edição é maravilhosa, tenho lá minha curiosidade em ler ele. Só não sei quando irei fazer isso.
    Ainda não conferi o filme porque ainda estou na intensão de ler o livro primeiro.
    Beijos
    https://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Sil,
    Essas edições são lindas mesmo, sempre babo pelas fotos, porque ainda não pude comprar kkkkk
    Meu primeiro contato foi com o filme mesmo, achei bem bacana e fiquei curiosa para lê-los. Pela sua resenha, a premissa está bem parecida. Essa parte da diversidade, só me ganhou ainda mais!

    P.S.: HAHA aqui onde moro tem bancas que vendem os da Harlequin por esse preço baratinho tb de 1 a 2 reais. Mas nunca acho os que quero kkkkk

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  20. Oi, Sil. Tudo bem?
    Eu gostei bastante do livro e também do filme, apesar das mudanças. Não é minha obra favorita, mas é uma história que curti bastante. Pretendo ler os outros livros, mas não consegui fazer isso ainda :P
    E mulher, eu fiquei chocadaaaa com quem era o cara que ajudava ele...
    Beijoooos
    http://www.profissaoescritor.com.br

    ResponderExcluir

© Blog Prefácio ♥ 2016 - Todos os direitos reservados ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo